Facebook
Instagram
Linkedin
 

Empatia é importante para o mercado de trabalho

Um relatório realizado pela empresa Businessolver, denominado State of Workplace Empathy (do inglês O Estado da Empatia no Trabalho), apontou que 87% dos CEOs que participaram da mostra acreditam que o desempenho financeiro está vinculado à empatia no local de trabalho. Uma pesquisa publicada na Harvard Business Review descobriu que empresas com maior índice de empatia se valorizam duas vezes mais no mercado de trabalho do que companhias com baixos índices de empatia. E se isso não já fosse o suficiente para corroborar a importância da empatia, o levantamento ainda mostra que empresas com maior grau de empatia tem ganhos até 50% maiores. “De forma muito comum sempre definimos empatia como a capacidade de calçar os sapatos de outra pessoa de forma que podemos sentir o que ela sente”, declara Gustavo Antunes, CEO da Liderança e autor do livro Felicidade como Mindset. Esta percepção sobre a importância de se colocar no lugar do outro não é compartilhada apenas por gestores, mas também por funcionários de empresas, no qual 92% deles acreditam que a empatia é subestimada no ambiente em que trabalham. “Não seria bacana um negociador calçar os sapatos do seu gerente ou até de seu diretor e pensar como seriam as suas decisões?”, finaliza Gustavo.

Voltar